Projects

 

Une histoire de couture, culture, liens et séparations

(2017) Fondation Gulbenkian, new museum shop, Lisboa
(2015)  Galerie Salon, 4 rue Bourbon Le Chateau, 75006 Paris
(2014) – Galeria Siniscalco,  Via Carlo Poerio, 116, Napoli, Italia

 

Le Silence n est pas un oubli

Le Silence n’est pas un oubli

A experiência do retiro, do exílio. Na impossibilidade do esquecimento, inverti os papeis e pedi aos que deixei em Paris, que me escrevessem uma carta. A carta, num formato especifico, deveria ser enviada pelo correio a Lisboa e conter esta frase le Silence n’est pas un oubli. Assim quebrei o silêncio por mim imposto ao abandonar aquela cidade, obrigando os outros a pensar em mim, escrevendo a frase e algo mais que lhes possa ter passado pela cabeça, interrogando-nos sobre o silêncio da ausência. Este projecto deu origem às Noites de Silêncio na Galeria Luís Serpa Projectos.

As Noites do Silêncio
Galeria Luis Serpa Projectos, Rua Tenente Raul Cascais, 1B, Lisboa

http://asnoitesdosilencio.tumblr.com/

curator

RENDEZ-VOUS AVEC LISBONNE ou le Sîndrome de Ulisses

Ulysses’Syndrome , Soundwalk Collective performance in Lisbon

Entre as cidades e os seres é necessário encontro. É preciso ter disponibilidade e boa disposição. E sobretudo ter o timming certo. Tudo, na vida, é questão de tempo. Cedo demais ou tarde demais ou, quando não passamos ao lado sem nos termos apercebido que era hoje ou jamais. Lisboa, meu segundo exílio, disse-me um dia Eduardo Lourenço. As relações que tecemos, entre a cidade e os seres, são invariavelmente similares. Algumas seduzem-nos o tempo de um fim de semana, umas férias, e o nossa ilusão de cidade perfeita continuara enquanto durara a lua de mel. A evidência desta obra composta de fragmentos sonoros gravados no Mediterrâneo, por Soundwalk Collective,  pareceu-me o paliativo ideal às interrogações que a migração me levantava

Advertisements